Prepare sua loja virtual para a data mais importante do ano para o e-commerce

O comércio brasileiro já começou a se preparar para o Natal. Não se assuste se algumas lojas já estiverem em clima natalino, com decoração e tudo mais. O comércio costuma se preparar para essa com antecedência. Em 2015, somente no período de 15 de novembro a 24 de dezembro, o e-commerce brasileiro faturou R$ 7,41 bilhões de reais, com um ticket médio de R$ 420,00.

O crescimento, em relação a 2014, foi de 26%. São números que fazem os olhos de qualquer e-lojista brilhar. As expectativas para 2016 são que esses números sejam maiores, pois 2015 foi o ano em que a crise brasileira mais afetou o comércio brasileiro. Talvez já seja o momento de você começar a pensar em algumas alternativas para alavancar vendas.

Comece a planejar desde já!

Faça um plano de vendas, estude os números do ano anterior (caso você tenha esses números em mãos), descubra quais os produtos tem maior potencial de venda, estipule promoções e saiba como chegar até seus clientes.

Não deixe para a última hora a avaliação de seu catálogo. O fato é que, o cliente que compra para o Natal não quer receber em janeiro o produto. O ideal é que a entrega aconteça antes do dia 23/12. Caso o cliente deixe as compras para última hora, deixe claro que não tem como garantir que a entrega aconteça antes do Natal. Mas que isso seja por conta do descuido do cliente.

Uma boa loja virtual tem seu catálogo de produtos atualizados o ano inteiro. O e-lojista sabe quais os produtos são mais vendidos. Algumas questões a serem respondidas para preparar seu catálogo.

1 – Quais os produtos que são mais vistos em sua loja virtual? (O Google Analytics é uma boa saída)

2 – Quais os produtos mais buscados no Google?

3 – Quais os produtos mais vendidos?

4 – Quais as campanhas você obteve mais sucesso nos últimos três meses? (Podem ser campanhas realizadas pelo e-mail Marketing, Google Adwords, Facebook, etc.)

5 – Quais as palavras chaves mais buscadas no Google para chegarem até a sua loja?

Avaliar e reservar os produtos que venderam é importante, mas analisar os números dos produtos que não venderam também é. Você pode ter deixado de fazer vendas por motivos banais, que seria fácil de reverter. Pode ser algo banal, como preços fora do mercado, dificuldades com a página, prazos e valores de entrega, meios de pagamento, ou outras coisas simples de se resolver.

Tenha um fornecedor de confiança

Caso você trabalhe com fornecedores exclusivos, confira com antecedência se ele vai conseguir te atender no Natal. Normalmente, esse tipo de fornecedor tem mais clientes e, na ânsia de fazer vendas, vai prometer céus e terras, e bem provavelmente não vai conseguir atender a sua demanda.

Caso sua loja virtual não seja atendida por um fornecedor fixo, comece a trabalhar em montar seu estoque agora. Não deixe para fazer isso algumas semanas antes do Natal. Seja proativo e vá atrás dos produtos que mais vendem.

Talvez o caso mais difícil seja daqueles e-lojistas que fabricam os próprios produtos. O jeito é acelerar a produção, contratar mão de obra temporária, caso seja necessário, e fazer com que sua loja não sofra por falta de produtos em seu estoque.

Fique de olho na concorrência

Nunca é demais falar: não deixe sua concorrência correr solta. Saiba o que os seus principais concorrentes estão fazendo, não seja surpreendido na última hora por publicidades ou promoções que você não viu. Programe-se e visite periodicamente a loja virtual de seu concorrente. São pequenos detalhes que fazem a diferença, e alguma coisa pode escapar da sua vista, seu concorrente pode sair na frente.

Aqui vale um lembrete, não faça besteiras somente para bater de frente com seu concorrente. Não faça promoções que comprometam a sua renda, não oferte frete grátis se você vai sair perdendo. Não é uma corrida. Não ganha quem chegar na frente, mas quem vender mais, atrair mais clientes.

Não economize na publicidade

Pense na publicidade e não economize. A verdade é que, quem mais se expõe é quem mais vende. Chegou a hora de você usar todos os canais disponíveis para você alavancar vendas. Talvez seja a hora certa de fazer uma campanha com o Google Adwords. A utilização dessa ferramenta nessa data é imprescindível. Caso você não saiba como fazer isso, contrate um profissional que saiba. A sugestão é que, caso você faça esse tipo de campanha, a rede de display é uma opção interessante.

Fazer campanhas no Facebook é uma ótima opção para sua loja virtual. A rede social é um dos canais mais usados para divulgação de produtos. As campanhas são baratas, funcionam bem e só atinge um público segmentado, que realmente tem potencial de compra. Não deve ser descartado os e-mails marketings. Acione os clientes já estabelecidos, não os deixe ficar a ver navios, os deixei informados de promoções, descontos e novos produtos.