(11) 4200-0069

contato@lojavirtual.com.br

Top

Saiba o que é o meio de pagamento PIX e o impacto no e-commerce

LojaVirtual.com.br / Outros  / Saiba o que é o meio de pagamento PIX e o impacto no e-commerce

Saiba o que é o meio de pagamento PIX e o impacto no e-commerce

Tempo de Leitura: 3 minutos.

Uma novidade nas transações financeiras que terá início oficialmente no mês de novembro já está movimentando o mercado de e-commerce. Trata-se do PIX, nova tecnologia de pagamentos e transferências bancárias que foi anunciada pelo Banco Central.

É bem provável que nos últimos meses você já tenha escutado falar sobre o assunto. Quem trabalha com vendas online está curioso para saber como vai funcionar, quais serão os impactos para lojistas e consumidores e quais os benefícios para todos os envolvidos.

A proposta do PIX é que as transferências aconteçam em tempo real e no esquema 24/7, o que significa 24 horas por dia e sete dias por semana. O principal objetivo é garantir mais dinamismo e praticidade para os pagamentos. E claro, terá um cuidado todo especial também com a segurança.

Vamos agora entender um pouco mais sobre o PIX e seus impactos e benefícios para o comércio eletrônico.

Diferenciais do PIX

De acordo com o próprio Banco Central, existem sete características que fazem do PIX um sistema único. São elas:

1 – Velocidade: 99% das transferências serão liquidadas em até 10 segundos. O lojista que for receber pelo PIX terá os recursos disponíveis quase que de maneira instantânea.

2 – Disponibilidade plena: transferências disponíveis em qualquer hora e qualquer dia do ano (incluindo feriados e finais de semana).

3 – Múltiplos casos de uso: as transferências podem ser entre pessoas, entre empresas, entre pessoas e empresas e por aí vai.

4 – Conveniência: transferências a partir da leitura de QR Code ou chaves de endereçamento. A notificação é imediata ao recebedor do PIX.

5 – Vantagens agregadas: um e-commerce, por exemplo, terá facilitado o controle e gerenciamento do estoque já que o pagamento é instantâneo, agilizando também o envio da mercadoria.

6 – Ambiente aberto: quase mil instituições de todos os portes entraram como participantes diretos ou indiretos do PIX.

7 – Segurança: item priorizado em todas as etapas do ecossistema, tanto no que se referem às transações, quanto às informações pessoais, combate à fraude e lavagem de dinheiro.

Os comparativos entre PIX, DOC e TED

Outra dúvida que deve aparecer recorrentemente até que todos estejam familiarizados com o sistema é com relação ao comparativo com as até então tradicionais transferências via DOC ou TED.

Apesar de grande parte das pessoas estarem habituadas a fazer DOC ou TED, as diferenças entre eles ainda geram muitas dúvidas e muita gente confunde um serviço com o outro.

DOC

Documento de Ordem de Crédito, o tradicional DOC, é um tipo de transferência bancária digital cujo limite máximo é de R$4.999,99 por operação. A compensação ocorre com um prazo normalmente de um dia útil, mas pode demorar um pouco mais quando a transação é feita após 22h.

TED

Transferência Eletrônica Disponível, mais conhecida como TED, é uma tecnologia de transferência que não possui valor máximo por transação. Na TED, os valores são depositados no mesmo dia, desde que a operação ocorra até as 17h.

PIX

Já no caso do PIX as transferências poderão ser de qualquer quantia, sem limite como no DOC, e poderão ser feitas em qualquer dia e horário com um prazo até 10 segundos para realização da operação.

Outro ponto é que o PIX estará disponível em outros meios de pagamento além das instituições bancárias. Ferramentas como PicPay, PayPal, dentre outros poderão oferecer este serviço.

Sobre tarifas, embora ainda não exista uma tabela de valores, a informação do BACEN é de que as taxas terão custos menores em relação ao que é praticado atualmente no mercado.

Como vai funcionar o PIX?

As instituições bancárias e demais ferramentas de pagamentos que farão uso do PIX já estão se movimentando. Como a previsão é que o meio de pagamento já esteja disponível em novembro, os usuários de diversos bancos e de outros recursos de pagamentos já estão recebendo orientações para cadastrar sua chave PIX.

A chave PIX é uma maneira de trazer praticidade e facilidade para o processo de transferência. Estão sendo fornecidas 4 (quatro) opções de informações para criação das chaves:

– Número do telefone

– CPF

– E-mail

– Senha numérica

Para fazer ou receber pagamentos pelo PIX será necessário confirmar apenas a chave que você definiu.

Nas divulgações sobre a nova forma de pagamento, já foi informado também que será possível realizar pagamentos via leitura de QR Code. Para quem já está habituado com o QR Code, basta apontar a câmera do celular para o quadradinho e com muita agilidade o pagamento será feito.

Fique de olho nas novidades

Muitas informações e orientações para melhor entendimento sobre o PIX certamente serão disponibilizadas ao longo dos próximos meses. Os benefícios, como vimos ao longo do artigo, são diversos. Tanto para os consumidores, que terão bastante praticidade para realizar transações, quanto para comerciantes e lojistas em geral.

A redução das tarifas envolvidas nas operações e o recebimento instantâneo são fatores que prometem impactar de maneira bastante positiva no e-commerce.

Acompanhe as novidades, fique de olho em tudo que as instituições bancárias e demais ferramentas de pagamento então informando e agregue este recurso ao seu negócio online assim que ele ficar disponível.

E você ainda não tem uma loja virtual? Está fazendo vendas online de maneira informal, sem um site próprio e os recursos ideais para crescer seu negócio? Clique no banner abaixo e experimente nossa plataforma gratuitamente por 15 dias!
Crie sua loja virtual agora mesmo

Crie sua loja, experimente os recursos e comece a vender!

Experimente Grátis

Gerente de Marketing na LojaVirtual.com.br. Especialista em produção de conteúdo, inbound marketing e sempre antenado com as tendências do marketing digital.

No Comments

Post a Comment