(11) 4200-0069

contato@lojavirtual.com.br

Top

Saiba como turbinar o seu e-commerce com técnicas de marketing digital

LojaVirtual.com.br / Marketing digital  / Saiba como turbinar o seu e-commerce com técnicas de marketing digital

Saiba como turbinar o seu e-commerce com técnicas de marketing digital

Tempo de Leitura: 4 minutos.

A conciliação do mercado com a internet resulta em uma grande diversidade de estratégias para criar e alavancar negócios. Neste cenário, o e-commerce ganhou grande espaço, pois consiste nas vendas por meio digital. Dessa forma, empresas que atuavam somente com a loja física, passaram a apostar também nesse modelo de negócios. Hoje em dia, é muito comum encontrar marcas que atuam somente na internet ou que buscam explorar ambas alternativas.

O marketing digital passou a ter um espaço notável nesse cenário, pois trata-se de uma forma de fortalecer a identidade da marca na internet, onde se estabelece não apenas uma interação diferenciada com os clientes, como também novos negócios são atraídos. Naturalmente, é preciso que o modelo de negócios seja muito claro para viabilizar a criação de projetos e estratégias consistentes.

De forma geral, há duas categorias principais em que um e-commerce pode atuar: B2B (Business to Business) e B2C (Business to Consumer).  O primeiro caso consiste nas transações comerciais entre empresas, por exemplo, fabricantes de stands para feiras que atendem corporações que atuam em setores como o de eventos corporativos, no qual stands são muito requisitados.

Uma característica marcante de alguns tipos de vendas entre empresas é a compra na forma de atacado. As duas modalidades encontradas constantemente no mercado são o atacado e o varejo, sendo que essa segunda opção consiste na aquisição de produtos em quantidades pequenas e normalmente em preços mais altos.

Por exemplo, empresas do segmento de festas podem buscar por distribuidores ou fabricantes de tubetes para lembrancinhas atacado. No entanto, embora seja algo comum entre empresas, a grande quantidade não é um requisito em todas as relações comerciais.

Já o B2C corresponde a transação mais comum, em que a empresa atende a pessoa física, sendo possível também se referir a esse tipo de cliente como consumidor final. É um modelo de negócios muito adotado por varejistas e revendedores.

É importante que o modo de atuação, assim como questões relacionadas a identidade da empresa e público-alvo sejam definidas com precisão, porém, é válido citar que em ambos os modelos o marketing digital pode ser aplicado para se destacar no mercado, mas as particularidades de cada caso devem ser respeitadas.

As principais estratégias do marketing digital que podem ser usadas no e-commerce

Uma das principais estratégias do marketing digital tem relação com o conteúdo. E ao citar um e-commerce, há duas maneiras principais para trabalhar com este fator, sendo uma por meio das descrições e a outra por meio de um blog com conteúdos relevantes.

Com essas estratégias, pode-se compreender de forma mais clara a importância do conhecimento das particularidades do negócio. A maneira de abordagem e uso de cada plataforma digital será determinada com base no público-alvo e determinadas características da empresa.

As pessoas utilizam amplamente os buscadores para encontrar os serviços ou produtos que almejam. Por meio das descrições adequadas é possível garantir um bom posicionamento e atrair o consumidor. Para isso, técnicas variadas são aplicadas, principalmente no que diz respeito a estrutura do texto.

Isso também se enquadra no caso de blogs, que normalmente contam com conteúdos maiores, porém, são ideais para o fortalecimento da marca, inclusive para apresentar os serviços ou produtos.

Outras possibilidades que podem ser empregadas são interações mais diferenciadas nas redes sociais, como:

  • Enquetes;
  • Divulgação de depoimentos;
  • Compartilhamento de novidades;
  • Conteúdo exclusivo.

Ainda mais, também há o e-mail marketing, em que conteúdos podem ser transmitidos para consumidores em potencial de forma atrativa. São e-mails que normalmente os usuários se inscrevem para se informar a respeito de novidades da empresa e promoções. Por exemplo, o usuário pode buscar por tags para roupas e achar a marca interessante, seguindo um fluxo por sua plataforma que promova tal inscrição.

Quais são os impactos para a captação de leads?

Primeiramente, é importante abordar que quando se fala de marketing digital, o lead consiste em um consumidor em potencial, que apresentou interesse no serviço ou produto que a empresa oferece. Por esse motivo, a captação de leads é muito visada e decisiva nesse cenário, em que basicamente, o interesse é detectado por meio do preenchimento em formulários e assinaturas, como apresentado anteriormente ao abordar o e-mail marketing.

Naturalmente, não há garantias. Por exemplo, uma pessoa que observou e demonstrou interesse por um púlpito de acrílico com determinada empresa, não vai necessariamente adquirir. No entanto, leads são oportunidades importantes, justamente por significar que o usuário considerou ou considera a empresa como uma possível solução para a necessidade existente. Por essa razão, é importante que as ações sejam claras e específicas, assim como as plataformas selecionadas para a atuação.

Se pode dizer que as estratégias acima podem contribuir com que esses consumidores em potencial sejam convertidos em clientes, pois incentivam um maior engajamento, principalmente por meio de conteúdos bem estruturados e relevantes.

Afinal, o consumidor almeja uma solução e por meio do marketing digital, ele pode ser alcançado com maior facilidade.

Gerente de Marketing na LojaVirtual.com.br. Especialista em produção de conteúdo, inbound marketing e sempre antenado com as tendências do marketing digital.

No Comments

Post a Comment