(11) 4200-0069

contato@lojavirtual.com.br

Top

Crescimento do e-commerce no Brasil registra números expressivos

LojaVirtual.com.br / Vendas Online  / Crescimento do e-commerce no Brasil registra números expressivos

Crescimento do e-commerce no Brasil registra números expressivos

Tempo de Leitura: 3 minutos.

Foram mais de 300 milhões de pedidos online com recorde de faturamento. Dos usuários totais, 47% foram novos consumidores. Sabe do que estamos falando? Se você pensou no e-commerce brasileiro você acertou.

Os dados consolidados do ano de 2020 apresentados pelo Relatório Neotrust 6ª edição trazem números impressionantes. E mais, eles confirmam o que temos dito constantemente em nossas campanhas: ter uma loja virtual é hoje um dos caminhos mais promissores para gerar renda extra.

Vamos ver neste artigo um resumo das informações mais importantes do material. Seja você um empreendedor online já atuante no comércio eletrônico ou mesmo alguém apenas pesquisando sobre o assunto, é sempre fundamental compreender o momento e o contexto do mercado.

O e-commerce em 2020

O ano de 2020 foi disparado o mais promissor para o e-commerce brasileiro. A pandemia de Covid-19 potencializou o crescimento das compras online, que já tinha se tornado uma forte tendência entre os consumidores ao longo dos últimos anos.

Em poucos meses todos os indicadores do e-commerce aumentaram bastante e refletiram positivamente para milhares de lojistas. Ter uma loja online se tornou uma ferramenta essencial para driblar a crise provocada pelo fechamento de lojas físicas, desaceleração da economia e o aumento do desemprego.

Como citamos logo no início do artigo, somente no ano passado aqui no Brasil foram registradas 301 milhões de compras no e-commerce. Na comparação com 2019, que até então tinha sido o ano de melhor desempenho do comércio eletrônico, a alta atingiu a incrível marca de 68,5%.

O faturamento do setor registrou R$126,3 bilhões, variação de 68,1% em relação ao ano anterior. Impossível negar a importância do e-commerce para a economia brasileira em 2020.

Como foi o 4º trimestre

Outros dados importantes apresentados no relatório se referem ao detalhamento do 4º trimestre de 2020. Aí você pode estar se perguntando: mas se nós já vimos como foi o ano no geral, por que é interessante saber sobre o 4º trimestre?

Justamente porque a forma como 2020 encerrou diz muito sobre as perspectivas para esse ano. Poderíamos ter um ano extremamente positivo como foi o último ano, porém com queda acentuada no último trimestre, indicando uma tendência de retração no crescimento.

Mas não é esse o caso. O 4º trimestre contou com a força da Black Friday, Cyber Monday e o Natal e apresentou alta de 51,5% na comparação com 2019. Os consumidores se mostram cada vez mais acostumados e satisfeitos em realizar compras online.

Mesmo com limitações, grande parte do comércio estava aberto nas principais cidades brasileiras nesse período. Ainda assim milhões de pessoas optaram pela comodidade e segurança de fazer tudo de casa, sem precisar sair e arriscar aglomerações nas lojas físicas.

Foram mais de 86 milhões de compras realizadas e um faturamento de R$38,6 bilhões ao longo dos últimos três meses do ano.

Frete grátis em destaque

O relatório ainda trouxe outro aspecto que merece observação. A procura por produtos online aumentou bastante, assim como as ofertas e a concorrência no setor. Existem milhares de lojas virtuais de uma mesma categoria e produtos similares.

Diante desse cenário, uma estratégia que passou a ser muito adotada foi do frete grátis. Diversas outras pesquisas realizadas com consumidores, e que inclusive já repercutimos em nosso blog, mostram que o custo do frete é um fator decisivo para a conclusão ou desistência de uma compra.

No 4º trimestre de 2020 as compras sem cobrança de frete chegaram a 54% do total (em 2019 esse número foi de 48%). O aumento de ofertas de frete grátis ocorreu como estratégia para conquistar os consumidores.

As lojas que prepararam a logística de forma mais adequada e se planejaram para ofertar esse benefício certamente largaram em vantagem na comparação com concorrentes que não puderam oferecer custo zero na entrega.

Como está o e-commerce em 2021

Para finalizar nosso artigo, já que falamos tanto nos dados consolidados de 2020, que tal saber como o ano atual começou? Será que a tendência de alta que vimos no 4º trimestre realmente se confirmou? Será que podemos esperar um novo ano de crescimento do e-commerce?

A julgar pelo mês de janeiro a resposta para as duas últimas perguntas acima é sim. De acordo com o Relatório do E-commerce no Brasil, realizado pela Conversion, o comércio eletrônico no Brasil cresceu 25% no primeiro mês do ano.

O número de acessos a sites de e-commerce foi de 1,77 bilhão. Só para se ter uma ideia, nos últimos 12 meses são mais de 19 bilhões de acessos a lojas virtuais e marketplaces no Brasil.

Por todos os dados apresentados, temos a confirmação de que o e-commerce segue crescendo de maneira acelerada no Brasil. As lojas virtuais que se prepararem melhor terão cada vez mais possibilidades de aumentar o número de pedidos e o faturamento.

E você, já tem sua loja virtual? Se ainda não tem, avalie a possibilidade de criar a sua e potencialize as vendas pela Internet.
Crie sua loja virtual agora mesmo

Crie sua loja, experimente os recursos e comece a vender!

Experimente Grátis

Gerente de Marketing na LojaVirtual.com.br. Especialista em produção de conteúdo, inbound marketing e sempre antenado com as tendências do marketing digital.

No Comments

Post a Comment