(11) 4200-0069

contato@lojavirtual.com.br

Top

Como seu e-commerce pode vender mais com informações completas dos produtos?

LojaVirtual.com.br / Uncategorized  / Como seu e-commerce pode vender mais com informações completas dos produtos?

Como seu e-commerce pode vender mais com informações completas dos produtos?

Tempo de Leitura: 0 minuto.

Imagine uma sexta-feira, quase final do expediente. Você conseguiu resolver todas as pendências listadas na sua agenda e pode sair tranquilo para o fim de semana. Você dá uma última conferida no e-mail e vê uma mensagem com a sinalização de urgente. Pelo assunto você já sabe: reclamação do cliente ao receber um produto diferente do que estava escrito no cadastro no e-commerce.

Infelizmente, essa cena é corriqueira na rotina de quem gerencia uma loja virtual, seja ela grande ou pequena, o cadastro de produtos continua sendo um grande gargalo no negócio e prejudicando as vendas.

Os motivos que causam esse problema você já sabe: equipe enxuta e falta de comunicação entre os varejistas e fornecedores. Embora pareça um dilema que não terá fim, neste post vamos mostrar que é possível manter as informações completas dos produtos no e-commerce de maneira mais simples. Preparado?

A falta de informações dos produtos e suas consequências

Sabe por que é importante investir em manter os dados dos produtos do e-commerce atualizados? Porque a falta de informação levam os consumidores a desistirem de fechar negócio!

Pense na compra tradicional: uma pessoa quer um celular e vai até uma loja para comprá-lo. Ao chegar nesse espaço, um vendedor conversa com ela e tira várias dúvidas sobre o aparelho: armazenamento, resolução da câmera, tipo de bateria, funções principais, entre outros. O cliente pode tocar o celular, testar e até mesmo comparar com outros modelos expostos na vitrine. Fica fácil comprar com todos esses dados, certo?

Bom, na compra online não existe um vendedor disposto para solucionar todas as dúvidas do cliente. Então, é preciso usar outros recursos para convencê-lo de que aquele celular é o ideal para suas necessidades e, mais que isso, mostrar que aquela loja é confiável para ele investir o seu dinheiro.

Resumindo, ter um site sem a informação dos produtos, imagens e categorias é como ter uma loja física sem vitrine. Ninguém vai acreditar que esse local vende produtos de qualidade, afinal, eles não são mostrados para os clientes.

Com isso, as consequências ficam bem claras: abandono de carrinho, queda nas vendas, reclamações nas redes sociais ou nos comentários do site, baixa avaliação. E, claro, como tudo na internet acontece rapidamente, isso acaba afetando o ranqueamento do site no Google, o que prejudica a aparição do site nas buscas e prejudica a conquista de novos clientes. Nesse contexto, não há SEO que dê jeito na situação!

Até parece impossível (mas não é!) cadastrar corretamente todos os dados dos infinitos produtos de uma loja virtual. Afinal, o volume de itens é enorme, você precisa pensar nos títulos, imagens e descrições de cada um, além de mantê-los atraentes e amigáveis para os sites de busca. Contudo, há maneiras de superar esses obstáculos e vamos contar como logo no próximo tópico!

Como driblar esse desafio e melhorar a experiência de compra do consumidor

A primeira forma de combater a falta de atualização dos cadastros de produtos é mudar o mindset da gestão. Parece clichê, mas muitas vezes, as lojas esquecem como o consumidor pensa e age. Por isso, a primeira coisa a se fazer é fornecer a melhor experiência possível ao cliente.

Tendo isso em mente, é hora de partir para a ação. Separamos algumas dicas para cadastrar seus produtos com eficiência e vender mais. Confira:

1. Apresente as informações de maneira atrativa

É comprovado que a conversão de vendas está relacionada à quantidade de informações visíveis na página de um produto. Até porque esse é o principal espaço que o consumidor tem para saber o que está adquirindo.

Ainda assim, dados fornecidos pelo E-commerce Quality Index (EQI) mostram que apenas 40% dos produtos no e-commerce tem a descrição completa. Então, passe a apresentar páginas de produtos perfeitas para atrair mais consumidores!

Uma boa forma de se inspirar com o site da AT&T. Veja como eles descrevem o produto no site, usam recursos de vídeos, reviews de clientes e material fornecido pelo fabricante para atrair o consumidor:

2. Use e abuse das imagens

Outra razão de manter as informações completas nas lojas virtuais é a forma como a pesquisa de produtos é feita pelos consumidores. De acordo com a pesquisa UPS Pulse of the Online Shopper, 38% das pessoas buscam produtos via marketplaces, como a Amazon. E, só aparecem produtos nessas lojas que possuem qualidade nas informações.

E o que podemos considerar como qualidade das informações? Bom, nem só de dados vive um produto na vitrine de um site. Nesse caso, imagens valem tanto quanto palavras. Além de dar todos os detalhes do fabricante e mostrar a opinião dos compradores, invista em fotos dos produtos de diferentes ângulos. Assim, despertará a vontade de compra do visitante do seu site.

De acordo com o EQI, apenas 34% dos sites brasileiros inserem imagens extras e secundárias em seus produtos. Então, está aí a chance de se diferenciar dos concorrentes e aumentar o índice de qualidade do seu site.

3. Invista em conteúdo

Focar no conteúdo também é outra estratégia fundamental para vender mais os seus produtos. As informações não precisam estar apenas nas páginas de vendas, você pode criar um blog, um perfil nas redes sociais, um canal no Youtube. Fale a língua do seu cliente e crie materiais que mostrem os itens do seu e-commerce de maneira atraente.

Um bom exemplo no mercado brasileiro é a marca da Quem Disse, Berenice que desenvolve ações digitais e físicas para impulsionar o seu e-commerce. O destaque vai para os vídeos no Youtube da marca que você pode ver aqui.

4. Faça parcerias com fornecedores de qualidade

Para compensar a equipe enxuta na área de cadastro de produtos da sua loja virtual, foque em fornecedores de qualidade. Essa ideia vai além de um produto sem defeitos, mas envolve prazos de entrega e pagamento, bons serviços e até mesmo o envio de todos os detalhes dos produtos corretamente. Então, selecionar bem seus parceiros contribui para alcançar resultados satisfatórios na vitrine do seu site.

5. Use a tecnologia a seu favor

Já existem ferramentas específicas para facilitar o cadastro de informações completas dos produtos nas lojas virtuais. Essas tecnologias conseguem indicar exatamente quais os itens devem ser corrigidos, como melhorar o conteúdo das páginas, entre outros recursos que transformam o registro de dados mais assertivo.

Outra vantagem dessas plataformas é que elas permitem as automações com as fontes de dados dos fabricantes, contribuindo para poupar tempo e esforço da equipe de cadastro. Dessa forma, informações e imagens podem ser atualizadas mais rápidas. Agora faz mais sentido ter um colaborador dedicado nessa função, certo? Ele terá um meio de revisar todos os dados por meio de um canal único!

O melhor aspecto dessa solução ficou para o final: existem ferramentas gratuitas, ou seja, que ajudam a economizar os recursos financeiros do seu negócio e otimizar os processos. É a receita perfeita para o mês fechar no azul, não é verdade?

Enfim, se a sua empresa investe em um cadastro completo dos dados dos produtos, as chances de terminar a sua sexta-feira apagando incêndio e lutando para reverter a insatisfação do consumidor são mínimas. Se você sonha por dias mais eficientes e vendas maiores, está na hora de investir em informações dos produtos na sua loja virtual, assim como fez a Nestlé e a Araújo.

Bateu a curiosidade para entender como essas companhias resolveram seus problemas de cadastro? Então, leia mais sobre esses cases de sucesso!

*Artigo produzido pela equipe da Lett, empresa especializada em Trade Marketing Digital e E-commerce.

Crie sua loja virtual agora mesmo

Crie sua loja, experimente os recursos e comece a vender!

Experimente Grátis

Gerente de Marketing na LojaVirtual.com.br. Especialista em produção de conteúdo, inbound marketing e sempre antenado com as tendências do marketing digital.

No Comments

Post a Comment