(11) 4200-0069

contato@lojavirtual.com.br

Top

Como registrar um domínio? 7 fatores essenciais

LojaVirtual.com.br / Iniciando um e-commerce  / Como registrar um domínio? 7 fatores essenciais

Como registrar um domínio? 7 fatores essenciais

Tempo de Leitura: 4 minutos.

A projeção de crescimento do e-commerce continua surpreendendo. Ao que tudo indica, em 2018, boa parte dos lojistas virtuais terão motivos de sobra para comemorar. Por isso, caso queira aparecer nas primeiras páginas dos sites de busca, essa é a hora de você se atentar para algumas práticas fundamentais. Se ainda não sabe como registrar um domínio, por exemplo, esse é o momento.

Como sabemos, o domínio é seu endereço na internet, ou seja, é um nome que facilita ou não a localização de sites empresariais. Quanto mais ele estiver de acordo com os critérios dos algoritmos, melhor é para sua empresa aparecer.

Neste artigo, vamos mostrar a você que o registro de um domínio vai além de seguir um passo a passo. Por trás disso, há alguns fatores de otimização que não podem ser ignorados. Quer aprender? Então, leia até o final!

1. Considere alguns princípios fundamentais

Como registrar um domínio? Embora a originalidade seja um aspecto um tanto quanto complexo, ela é essencial. Sabemos que escolher um nome original e de impacto dá trabalho e pode levar tempo, no entanto o esforço vale a pena. Então, realize pesquisas e esgote possibilidades, a fim de se tornar único no ambiente virtual.

A disponibilidade é outro fator que afeta o registro de domínio, porque outros nomes como o seu podem existir. Nesse caso, não crie expectativas ou comece a atividade antes de testar o termo. As empresas especializadas disponibilizam um campo exatamente para essa função. O espaço serve para saber se a nomenclatura escolhida está ou não disponível.

Por fim, averigue questões de legalidade. Por exemplo, o endereço deve seguir o que regem as leis, portanto nomes que incitem ódio, preconceitos ou façam menções ilícitas devem ser revistos.

2. Escolha um nome curto e relevante

Antes de qualquer coisa, o domínio representa a personalidade, a identidade de sua marca. Isso quer dizer que, além de promover a aceitação junto ao público em potencial, ele também é fundamental na hora de facilitar a memorização.

Portanto, seja direto, conheça seu produto e seu público e invista em algo compatível com a realidade do negócio e com a expectativa dos consumidores. Nesse caso, evite termos longos e complicados, na medida em que isso pode gerar transtornos no ganho de visibilidade.

Ademais, esse tem sido um fator determinante para o reconhecimento de relevância entre os algoritmos, os quais têm priorizado páginas otimizadas e atualizadas.

3. Facilite a divulgação

De acordo com os dados da Internet Live Stats, atualmente, contamos com quase 2 bilhões de websites no mundo. Isso quer dizer que para se destacar entre tantas plataformas, o idealizador do projeto deve aplicar algumas práticas estratégicas. Por exemplo, em vez de https://wordpress.com/meunegocio, que tal https://meunegocio.com ?

Se estamos falando de algo profissional, então isso pede um domínio personalizado, já que destaca o nome da marca, facilita a memorização e ainda gera mais credibilidade para o negócio.

4. Evite hifens, números e letras maiúsculas

Viu como registrar um domínio vai além de seguir um passo a passo? Mais uma vez voltamos às boas práticas de SEO. Não inserir números, letras maiúsculas ou hífen no endereço é o jeito certo de chamar a atenção dos algoritmos e gerar empatia nas pessoas. Nesse sentido, mesmo que os números, aparentemente, sejam mais simples de guardar, evite-os. Portanto, em vez de https://meunegocio3.com, utilize https://meunegociotres.com.

5. Descarte palavras confusas

A semelhança entre a escrita e o som de alguns termos pode gerar confusão. Por isso, você também deve evitar ao máximo utilizá-los. Já imaginou alguém tentando adivinhar entre cessão, sessão ou seção? Pode soar simplório, mas isso atrapalha o processo de construção da marca, que precisa ser única entre tantos websites existentes.

Opte sempre pela clareza na hora de determinar o nome da empresa, que consequentemente é o endereço online. Valorize esses aspectos em prol da objetividade, porque as palavras confusas complicam o entendimento dos usuários e ainda comprometem a visibilidade.

Outra coisa, simplifique e fuja de estrangeirismos. Às vezes, menos é mais. Dizemos isso porque o ponto-chave do domínio é gerar identificação. Quando o empreendedor consegue isso, ele ganha em diferentes aspectos. Alguns até já citamos.

Na hora de registrar, leve em consideração a escrita e o som, além de outras práticas de SEO voltadas para a escolha do domínio. Pense no seu público e evite ser descolado demais.

6. Defina a extensão

Em geral, as extensões .com e .com.br são as mais conhecidas. Mas, no momento do registro, você tem acesso a outras terminologias como .edu. , .net. ou .org, enfim, há uma variedade significativa que consegue atender interesses diversos. No entanto, se preferir .com.br mesmo, não tem problema, uma vez que ela tende a ser mais intuitiva entre os brasileiros.

7. Relacione o domínio à atividade profissional

Se sua marca é conhecida por conta de um produto ou serviço específico e você deseja associar o conceito a isso, isso é bastante pertinente. Basta escolher uma palavra-chave que dê ênfase comercial ao nome. Numa situação hipotética, vamos supor que sua atuação seja no ramo de marketing digital. Nesse caso, o endereço poderia ficar assim: https://agenciademarketingdigital.com.

Fazer esse tipo de relação é interessante porque, em termos de popularização, é reconhecimento online. Esse tipo de tática funciona bem quando o cliente está familiarizado com o produto ou serviço, mas não associa isso à marca.

Independentemente de qualquer coisa, para ter sucesso, o domínio obrigatoriamente precisa ter uma relação com o negócio. Não adianta comercializar bolsas e ter um nome que remeta à alimentação ou a qualquer outro ramo desconexo. Nesses casos, a probabilidade de o consumidor não se identificar é considerável.

Com o crescimento do comércio eletrônico, é normal que os empreendedores aproveitem a oportunidade de gerar mais vendas. Afinal, vender ou exercer qualquer outro tipo de atividade pela internet tende a ser promissor e lucrativo.

No entanto, apresentar um endereço adequado para o público é uma forma de gerar empatia e valorização entre os motores de busca. Assim sendo, saber como registrar um domínio faz a diferença e ainda promove o negócio no ambiente virtual.

Agora que você sabe como registrar um domínio, queremos saber se essas informações foram úteis para seu negócio. Compartilhe abaixo sua opinião. Seu comentário é importante para nós!

Share

Sócio e cofundador da LojaVirtual.com.br. Com mais de 10 anos no mercado de e-commerce, tem o seu foco em acompanhar as mudanças do mercado e seguir as tendências tecnológicas.

No Comments

Post a Comment