(11) 4200-0069

contato@lojavirtual.com.br

Top

As mudanças nos hábitos de compras dos consumidores em função da pandemia

LojaVirtual.com.br / Vendas Online  / As mudanças nos hábitos de compras dos consumidores em função da pandemia

As mudanças nos hábitos de compras dos consumidores em função da pandemia

Tempo de Leitura: 0 minuto.

O mundo inteiro está atravessando uma fase inédita e que já começou a provocar muitos impactos. A pandemia de Covid-19 colocou as pessoas em quarentena em todos os estados do país, lojas físicas estão fechadas, e novos hábitos estão sendo criados durante este período.

O e-commerce ganhou ainda mais destaque nos últimos dias, pois se tornou a principal opção de compras para milhões de brasileiros. As vendas online estão registrando uma crescente desde o início do isolamento, com destaque para categorias como ‘Brinquedos’, ‘Supermercados’, ‘Artigos Esportivos’, ‘Farmácia’ e ‘Games online’.

Isso significa então que apostar no comércio eletrônico é uma escolha totalmente certeira? No momento é sim uma grande opção, e não estamos falando apenas para os consumidores. Talvez seja uma das únicas alternativas para os empreendedores que desejam manter uma renda mensal mesmo sem precisar sair de casa.

Mas é preciso ficar atento para uma questão extremamente importante. Não basta simplesmente colocar uma loja virtual no ar e divulgá-la sem considerar nenhuma das novas tendências de consumo. Os hábitos de compra sofrerão modificações relevantes, e você precisa estar por dentro dessas novidades.

Acompanhe nosso artigo e conheça os principais impactos já identificados em pesquisa realizada pelo Opinion Box. Com base nas informações, você terá condições de planejar e estruturar as ações para melhorar o desempenho do seu negócio.

Como as pessoas estão se sentindo?

Uma forma de se aproximar mais dos seus consumidores é procurando entender como eles estão encarando esse momento e o que mudou desde o início do isolamento. Naturalmente mais pessoas estão passando mais tempo na internet do que em outros períodos. O consumo de notícias também aumentou, outra situação previsível já que existe a necessidade de acompanhar as informações mais recentes.

As curiosidades ficam por conta do aumento da ansiedade, quase metade dos entrevistados disseram estar mais ansiosos. Também apresentaram volume considerável os que disseram estar comendo mais, cuidando mais da higiene pessoal e fazendo a faxina da própria casa.

Será possível tirar alguns insights dessas informações?

Consumo de produtos e categorias mais procuradas

Nessas primeiras semanas de isolamento social já foi perceptível o crescimento exponencial do consumo de alguns produtos específicos. Vamos ver o top 4:

– Produtos de limpeza – 45%

– Produtos de higiene – 43%

– Frutas, verduras e legumes – 24%

– Alimentos prontos e congelados – 23%

E em relação às categorias de serviços, quais conclusões já foram possíveis tirar? Supermercados e farmácias online e as plataformas de ensino à distância foram as que mais conquistaram novos consumidores.

As principais mudanças de hábitos

Como já vimos nos dois tópicos anteriores, fica claro que as principais mudanças estão relacionadas com higiene pessoal, higienização de alimentos e faxina da casa. Outro ponto que se destaca é o consumo de jogos online, que cresceu 32%. Isso explica o grande aumento na venda de games nos últimos dias.

A leitura de livros aumentou 29%, o que indica o potencial do mercado online para a venda de livros. A tendência é que mais pessoas comprem livros nas próximas semanas, visto que ainda não há uma previsão para o fim do isolamento.

As atividades físicas feitas em casa e por conta própria cresceram 25%, e por isso lojas de artigos esportivos também estão registrando aumento nas vendas. O natural aumento do delivery de comida também é das mudanças mais impactantes no momento, com 26% de crescimento.

Já dentre os hábitos associados ao consumo que tiveram que ser abandonados, se destacam frequentar shoppings, lojas de rua, bares e restaurantes, todos com índices superiores a 60% nas respostas dos entrevistados.

Saiba como se preparar para seguir vendendo

Compreender o que está se passando com os consumidores será fundamental no contexto do momento. As incertezas são muitas, existe sim muita preocupação com a economia e com a redução de renda. Mas nem tudo pode parar, nem todas as atividades vão parar, e o consumo seguirá acontecendo.

O mercado online também já está sofrendo não só com impactos positivos, existem evidentemente categorias com redução drástica nas vendas. Mas não dá para desconsiderar o fato de que o e-commerce será durante algum tempo a principal opção de consumo para os brasileiros. Aliás, isso já vem acontecendo em diversos outros países pelo mundo.

Os empreendedores que já possuem loja virtual terão uma grande oportunidade de se estruturar e planejar adequadamente suas ações visando um crescimento até maior que em outros períodos. E aqueles que ainda não sabem o que fazer, já estão percebendo que o comércio eletrônico pode ser uma grande alternativa.

1 – Aumente o relacionamento com os consumidores

O conceito de relacionamento e transparência nunca foi tão importante. Todos nós estamos sendo impactos de alguma forma, então qualquer tentativa de oportunismo poderá ser fatal para sua credibilidade.

Procure passar boas energias para o seu público, informações sobre os cuidados a serem tomados e as boas práticas do momento. Demonstre preocupação e que você se importa com as possíveis dificuldades que eles possam estar enfrentando.

Amplie seus canais de contato com seus clientes ou então apenas seja mais ativo naqueles já utilizados, como no chat online por exemplo.

2 – Crie condições atrativas

Sem incentivos você passa a apostar apenas em um possível crescimento natural. Não é o momento de pensar dessa forma, os concorrentes estão agindo e as pessoas estão procurando aquilo que poderá ser mais benéfico para elas.

Pensar no seu consumidor é entender que ele precisa de vantagens e benefícios. As campanhas com ofertas e condições atrativas não precisam ser exclusividade de datas comemorativas. Elas precisam fazer parte da sua estratégia para momentos atípicos como este.

Pode ser um frete grátis, pode ser um cupom de desconto, pode ser um desconto na compra de um produto complementar ao item principal adquirido. A ideia quem define é você, só não deixe de considerar a realização dessas ofertas especiais!

3 – Busque mais parceiros e fornecedores

Um dos lemas que vem sendo ditos por especialistas em economia é a necessidade de união de esforços. Sim, um mercado altamente competitivo e repleto de concorrência também pode ser unido quando o momento requer.

Se você estava limitado a utilizar apenas uma transportadora e os Correios para realizar as entregas, que tal procurar novas opções? Você já explora todos os recursos e integrações disponíveis na plataforma onde você possui sua loja? Já pensou em ampliar suas vendas também no marketplace?

E a divulgação da sua loja? Já procurou fazer parcerias ou contar com o apoio de instituições ou agências? Nem toda parceria precisa envolver aportes financeiros, já que o momento exige cuidados com os investimentos que serão feitos. Basta ter criatividade.

Viu quantas perguntas você pode fazer a respeito do seu próprio negócio na tentativa de buscar o melhor caminho? Apesar das incertezas, não vá em direção ao pessimismo. As oportunidades estão aí, e continuarão surgindo. É preciso saber explorá-las.

Mantenha sua loja ativa, siga empenhado na divulgação, capriche nas ofertas e mostre aos seus potenciais consumidores que sim, eles podem confiar no seu e-commerce!
Crie sua loja virtual agora mesmo

Crie sua loja, experimente os recursos e comece a vender!

Experimente Grátis

Gerente de Marketing na LojaVirtual.com.br. Especialista em produção de conteúdo, inbound marketing e sempre antenado com as tendências do marketing digital.

No Comments

Post a Comment