(11) 4200-0069

contato@lojavirtual.com.br

Top

8 dicas sobre como abrir um negócio de sucesso

LojaVirtual.com.br / Empreendedorismo  / 8 dicas sobre como abrir um negócio de sucesso

8 dicas sobre como abrir um negócio de sucesso

Tempo de Leitura: 11 minutos.

Começar uma empresa é sempre um risco, pois não há uma fórmula pronta, ensinando como abrir um negócio de sucesso e ganhar dinheiro rápido. Sempre há possibilidades de o negócio não prosperar ou demorar mais do que o esperado para dar os primeiros frutos.

Por isso, quem quer ser seu próprio patrão precisa ter coragem e trabalhar duro, pois o sucesso custa caro e só consegue alcançá-lo quem está disposto a pagar o preço. E se você já tentou abrir sua própria alguma vez e não deu certo, você sabe dos desafios que um empreendedor precisa superar para fazer seu negócio crescer.

A carga tributária no país é uma das mais altas do mundo e manter-se competitivo no mercado é um desafio constante. Por estes e outros motivos, muitas empresas fecham as portas no Brasil logo nos primeiros anos de atividade. Mas, isso não é motivo para desanimar, afinal de contas, quantas empresas bem-sucedidas você conhece? Muitas, não é mesmo?

Se você deseja saber como abrir um negócio de sucesso, continue a leitura que daremos 8 dicas para você ter sucesso em sua empreitada.

Confira!

1. Identifique seu perfil de empreendedor

Empreender não é para qualquer um: manter a própria empresa é uma tarefa difícil e pede muita disciplina, foco, paciência e persistência. Por isso, não basta abrir um negócio: você precisa ter veia de empreendedor para superar os desafios diários que envolvem a administração da companhia.

Você precisa ser sincero e responder para si mesmo se isso é o que você realmente quer para a sua vida. Pense bem se você está disposto a pagar o preço e trabalhar mais de 12 horas por dia — inclusive nos feriados e finais de semana, pois essa é a realidade de um empreendedor.

Não há glamour no início do negócio e você vai precisar trabalhar como nunca trabalhou em sua vida — lembre-se sempre: abrir uma empresa é um projeto de vida que demanda tempo e dedicação. Muitas vezes, você vai pensar em desistir, principalmente se os resultados demorarem mais do que o esperado para começar a aparecer.

Você também precisará abrir mão do “conforto” de trabalhar das 8 h às 18 h, das férias remuneradas, do FGTS e de outros benefícios trabalhistas, pois um empreendedor não tem nada disso. Se você pesar todas questões e, ainda assim, chegar à conclusão de que vale a pena, então, mãos à obra! Comece a colocar o seu plano em ação!

2. Saiba escolher o melhor negócio para você

Outra dica importante para abrir um negócio de sucesso é saber escolher o ramo certo de acordo com seu perfil. Não adianta escolher um modelo de negócio só porque ele dá dinheiro se você não se identifica nem um pouco com aquela área.

Vamos a um exemplo: você está pensando em começar um restaurante, pois a área de alimentação é muito boa e tem grandes probabilidades de dar certo. Você precisa lembrar que um restaurante funciona de segunda a segunda e que, inicialmente, você vai precisar ficar por tempo integral no negócio para administrá-lo.

Se você tem esse perfil, ótimo! Se não, escolha algo que esteja de acordo com as suas preferências — assim, as chances de sucesso serão maiores. Jamais invista em um empreendimento que demanda trabalhos que você não gostaria de fazer, mesmo que você enxergue uma oportunidade de negócio que tenha boas chances de dar certo.

3. Conheça o ramo da atividade escolhida

Escolha, de preferência, algo que você já conhece. Assim, você terá mais facilidade para colocar seu projeto em prática. Empresários bem-sucedidos — como Carlos Wizard e Sílvio Santos, por exemplo — conseguiram construir um império graças à experiência que tinham na área que investiram.

Além disso, eles também seguiram a dica do tópico anterior e escolheram fazer algo que gostavam. No entanto, isso não impede que você abra uma empresa de um ramo no qual não tenha tanto conhecimento ou experiência — desde que você se identifique com a área. Dessa forma, você pode estudar o produto ou serviço e aprender sobre ele.

O empresário Flávio Augusto, criador da escola Wise Up Idiomas, fundou a empresa sem saber falar inglês. No entanto, ele conhecia o produto e era um bom vendedor, pois já tinha vendido cursos e sabia como dominar idiomas pode fazer diferença na vida das pessoas. Graças a esses diferenciais, ele conseguiu ter sucesso em sua empreitada.

4. Conheça o mercado e a legislação

Você já parou para pensar se há como abrir um negócio de sucesso sem conhecer o mercado no qual você deseja atuar? Se já pensou nisso, você sabe que não há a menor possibilidade de que uma empresa dê certo atuando no escuro.

Afinal, antes de colocar sua ideia em prática, você precisa conhecer seus clientes para saber a real necessidade deles. Por isso, você deve fazer uma boa pesquisa de mercado para saber se tem público para o produto ou serviço que você deseja oferecer.

De nada adianta oferecer uma excelente solução para o seu cliente se ele não precisa dela. Por isso, para abrir um negócio de sucesso, você precisa identificar uma oportunidade e saber aproveitá-la — em vez de simplesmente gostar de algo e querer que os consumidores também gostem. Afinal, o que serve para você pode não servir para eles.

Outra coisa que você precisa conhecer bem antes de começar sua empreitada é a legislação do país. Descubra e analise quais são os impostos que você deve pagar e quais cobranças incidem no modelo de negócio que você escolheu.

Essas informações são importantes para que você não se assuste com a tributação de sua empresa e nem funcione ilegalmente — o que pode ocasionar problemas e prejuízos com multas e sanções no futuro.

5. Crie um plano de negócios flexível

Outra dica importantíssima para abrir um negócio de sucesso é fazer um bom plano de negócios. Segundo Paulo Valery, consultor do Sebrae, a falta de um plano de negócios é o responsável pelo fechamento de cerca de 60% das empresas nos primeiros anos de vida.

O consultor afirma que as empresas focam muito nas oportunidades em vez de prestar atenção no plano de negócios — e, por isso, fracassam. Não é para menos, pois trabalhar sem planejamento é como navegar no oceano sem uma bússola para guiar o navio: você vai para onde os ventos o levam e nem sempre os ventos estarão favoráveis.

O plano de negócios é uma ferramenta que ajuda o empreendedor a compreender mais sobre o seu mercado e seus concorrentes — além de fazer com que a empresa mantenha o foco necessário para caminhar de forma progressiva em direção ao cenário planejado.

Por isso, antes de começar seu negócio, faça um bom planejamento. Se houver necessidade, contrate profissionais qualificados para prestar auxílio nessa importante tarefa.

No entanto, não crie um plano de negócios rígido demais, pois ao longo de sua jornada podem haver mudanças no cenário e seguir o plano à risca pode não ser a melhor opção. Então, opte por criar um plano simples e flexível, que possa ser adaptado ou incrementado de acordo com as mudanças do mercado e os fatos vivenciados no dia a dia da empresa.

Uma boa opção é criar um plano de negócios para os primeiros 12 meses de vida da empresa e, após esse período, fazer uma análise da situação da companhia e do mercado e fazer as adaptações necessárias para o próximo ano.

6. Preocupe-se com a gestão financeira do negócio

A gestão financeira também é um dos pontos mais importantes para quem deseja saber como abrir um negócio de sucesso. Afinal, qualquer empresa precisa tanto de investimento inicial quanto de capital de giro.

Você terá aluguel para pagar, salários de funcionários, encargos trabalhistas, contas de água, luz, IPTU e tantos outros custos para a manutenção do negócio. Por isso, é importante que você sempre tenha capital para investir em seu negócio para não depender de empréstimos.

Com isso não queremos dizer que você não deva recorrer a linhas de crédito para abrir as portas de sua empresa — afinal, isso pode ajudar e muitos negócios começam dessa forma. No entanto, se você tiver dinheiro, melhor ainda, pois assim não ficará devendo para a instituição financeira e terá um custo a menos.

Lembre-se de que você precisa, ainda, fazer uma boa gestão do dinheiro e evitar gastos desnecessários. Se você estipulou um valor para a compra de matéria-prima, por exemplo, mantenha esse valor fixo mensalmente e, sempre que possível, procure por fornecedores com preços melhores.

Pagar as contas em dia também evita a cobrança de multas e o acúmulo de dívidas. Procure manter o caixa da empresa sempre com o saldo positivo, pois a saúde financeira de seu negócio é o que garante que ele terá vida longa e próspera.

7. Saiba divulgar seu negócio

“A propaganda é a alma do negócio”, já diz o ditado. Afinal, quem vai comprar seus produtos ou contratar seus serviços se você não divulga a empresa? Se você não promover seu negócio, seu público-alvo sequer vai saber da existência dele.

Mesmo que você tenha um excelente produto ou serviço, use todas as armas disponíveis para apresentá-lo ao mercado. Entretanto, não basta somente fazer propaganda, você precisa procurar os canais de comunicação certos.

Isso significa que você deve conhecer o perfil de seu público para saber quais mídias darão mais visibilidade para o seu negócio. Veja formas boas formas de divulgar sua empresa:

Invista em redes sociais

Usar as redes sociais como estratégia de divulgação é obrigatório para qualquer negócio. Afinal, o brasileiro adora internet e, diariamente, são milhões de usuários conectados à rede. Então, nem pense em ignorar esse fato e crie campanhas interessantes para atrair o público para a sua página.

Invista em mídia offline

Dito isso, não se esqueça das mídias tradicionais, pois elas também têm sua importância nas campanhas de marketing. Lembre-se apenas de escolher as mídias certas — caso contrário, você corre o risco de gastar muito e não obter o retorno esperado.

Invista em marketing de conteúdo

Já está mais do que comprovado que o marketing de conteúdo traz excelentes resultados, pois ele é uma forma de aproximar-se do cliente sem pressa de vender.

Por meio dele, a empresa consegue criar um relacionamento mais estreito com o público e oferecer soluções certas na hora que ele precisa. Por isso, as estratégias de marketing de conteúdo são excelentes aliadas para divulgar o seu negócio.

Crie promoções

Tem coisa melhor para atrair clientes para um negócio novo do que oferecer promoções? As pessoas adoram e as lojas sempre ficam lotadas! Então, use isso ao seu favor e crie promoções para a inauguração do negócio, com preços e condições de pagamento diferenciadas.

Se couber em seu orçamento, crie um evento de inauguração. No entanto, isso não significa que você precisa contratar um buffet e servir champanhe, ok? Você pode criar um evento simples e distribuir brindes apenas para chamar a atenção das pessoas — assim você consegue atraí-las para dentro de seu estabelecimento e mostrar o seu valor.

8. Considere abrir uma loja online

Se você está pensando em empreender mas tem dúvidas sobre como abrir um negócio de sucesso, que tal abrir uma loja online? Caso ainda não tenha considerado essa hipótese, pense no assunto!

O e-commerce é um modelo de negócio que não para de crescer no Brasil. O Conselho de Comércio Eletrônico da Fecomercio (SP), afirmou, no início deste ano, que a expectativa de crescimento para o setor era entre 10% e 15%, somente para 2017.

Esse número é relativamente baixo em comparação com os anos anteriores, mas é bastante positivo se levarmos em conta que o país está num momento de recuperação de uma crise econômica. Isso significa que ainda há muito o que explorar nesse mercado e que o espaço no Brasil para que esse setor só tende a crescer.

Diferentemente do que acontecia há alguns anos, quando os consumidores tinham receio de fazer compras pela internet, as compras online estão se tornando um hábito cada vez mais comum.

Segundo um estudo realizado em 2016, pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) em conjunto com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC – SP), nas 27 capitais brasileiras, 89% dos entrevistados afirmaram que fizeram, pelo menos, uma compra online nos últimos 12 meses. Esses dados mostram o potencial que esse setor tem no país.

Se você já tem uma loja física, vale a pena mudar o modelo de negócio. Quer saber por que você deve  transformar sua loja física em um e-commerce? A seguir vamos responder a essa pergunta mostrando algumas vantagens de investir nesse setor.

Confira!

1. Menor custo de investimento

Abrir uma loja física exige investimento em infraestrutura — como aluguel de espaço para a empresa funcionar, móveis, estacionamento para clientes, funcionários, entre outros custos. Quanto melhor for a infraestrutura de sua loja, mais caro isso sai para o seu bolso.

Uma loja virtual, por outro lado, não vai precisar de tanto — pois você não precisará se preocupar com um espaço físico muito grande e atrativo. Tudo será comercializado online. Você precisará alugar um espaço para estocar os produtos, é claro, mas esse local vai custar bem menos do que uma loja física, pois o espaço será bem menor.

2. Maior abrangência

Mesmo que você não queira vender seus produtos nacionalmente e queira atender apenas uma parte demográfica específica, a abrangência de um negócio virtual é muito maior do que a de um físico. Afinal, seu cliente não precisa estar perto para comprar o seu produto, ele pode fazer isso em qualquer lugar e a qualquer hora.

3.  Funciona 24 horas por dia

Uma loja virtual não tem hora para fechar e, por isso, tem mais possibilidades de fechar vendas. Afinal, o cliente pode fazer suas compras de manhã, na hora do almoço, de madrugada — enfim, na hora que achar melhor.

O melhor é que você não precisa pagar um funcionário para monitorar o negócio fora do horário comercial, como é o caso de empresas físicas que funcionam 24 horas por dia.

4. Facilidade de gestão e monitoramento

A facilidade da gestão e do monitoramento de seu empreendimento são quesitos que podem ajudar você a alcançar resultados melhores.

Lojas virtuais já têm uma plataforma que possibilita mostrar produtos para os clientes de acordo com o interesse de cada um e enviar mensagens quando uma compra é abandonada antes de ser concretizada, por exemplo.

Isso aumenta as chances de que o cliente conclua aquela transação. Além disso, você pode monitorar o desempenho de seu negócio em tempo real, sem perder nenhum dado de nenhuma transação.

5. Maior visibilidade de produtos

Uma loja virtual funciona como uma vitrine, na qual o consumidor consegue visualizar todos os produtos disponíveis. Isso aumenta consideravelmente as chances de venda, pois ele pode pesquisar por um item e encontrar outros de seu interesse. Dessa forma, ele frequentemente compra mais do que planejava quando entrou no site.

6. Mais praticidade no processamento das vendas

A loja virtual possibilita que você faça um controle cuidadoso de cada pedido efetuado no site. Assim, a gestão de vendas se torna mais fácil e bem mais organizada, pois todas as etapas do processo de venda são registradas e as informações são acessíveis e detalhadas.

7. Facilidade de implantação de ações promocionais

Para que um negócio tenha sucesso, é imprescindível que sejam criadas ações promocionais para aumentar o número de vendas. Em uma loja virtual, esse processo é bem mais simples e rápido do que em uma loja física. Afinal, é possível criar campanhas de acordo com o perfil de cada cliente, baseado em seu histórico de compra.

Claro que há outros vários bons motivos para abrir uma loja virtual, mas os citados aqui já são suficientes para que você entenda que só tem a ganhar investindo nesse modelo de negócio. No entanto, não basta ter uma loja virtual, é preciso escolher uma plataforma eficiente para gerir seu negócio.

Entenda a importância escolher uma boa plataforma de e-commerce

Mesmo que uma loja virtual seja um negócio vantajoso, você precisa escolher uma boa plataforma para abrir sua empresa na internet. Afinal, todo o seu negócio será gerido por meio dessa plataforma — ela precisa ser de fácil utilização e, ainda, atender às suas necessidades.

Caso contrário, você terá prejuízos, pois o sucesso dos negócios depende de uma boa plataforma de e-commerce. No entanto, isso não significa que você precise gastar muito, pois há plataformas gratuitas que conseguem se manter na web com um índice de vendas satisfatório.

Para negócios que não tenham um volume muito grande de produtos, esse modelo pode funcionar. No entanto, se você precisa de uma plataforma mais completa, crie seu próprio e-commerce para vender na internet ou utilize as plataformas de um marketplace. Veja a diferença entre os dois.

Site personalizado

No primeiro caso, você terá um site personalizado, com domínio, logo e cores de sua empresa, onde você anunciará somente os seus produtos e terá total controle sobre as vendas.

Marketplace

O marketplace, por sua vez, é uma plataforma colaborativa, na qual você cadastra seus produtos em uma loja virtual de outra empresa. Existem marcas conhecidas que trabalham dessa forma e também existem empresas menores, que atendem um nicho de mercado específico.

A desvantagem do marketplace é que o consumidor terá acesso a diversas empresas diferentes e, provavelmente, algum concorrente de seu negócio também estará na plataforma.

No entanto, isso não significa que esse modelo não vale a pena. Na verdade, é você quem deve decidir qual dessas plataformas atende melhor às necessidades de seu negócio.

Conclusão

Agora que você já sabe como abrir um negócio de sucesso, está na hora de colocar a mão na massa, trabalhar para tirar seu projeto do papel e validar suas ideias. É claro que essas dicas não são uma fórmula milagrosa, mas elas são úteis para que você não se perca no meio do caminho.

Você gostou do post e acha que estas dicas são úteis para quem deseja ter êxito na abertura de um negócio próprio? Então, que tal continuar aprendendo e conferir o nosso post sobre os 4 passos que você deve seguir para abrir um e-commerce de sucesso?
Share

Gabriel é sócio e co-fundador do LojaVirtual.com.br. Adora Tecnologia, novidades no mundo de marketing digital e métricas. É geminiano e grande fã de bons filmes.

No Comments

Post a Comment